fbpx
Alto da Glória: 41 3203-5007 | Bacacheri: 41 3117-7168 | Centro: 41 3356-4490

Principais tipos de cerveja e a combinação perfeita com tira-gostos

tipos de cerveja

Se você gosta de reunir os amigos em casa, mas já está cansado de servir sempre as mesmas coisas, que tal aprender um pouco sobre os diferentes tipos de cerveja e, ainda, quais são os melhores tira-gostos para acompanhá-las?

Existem inúmeras opções — clara, escura, mais ou menos amarga, aromática, suave, encorpada. Com certeza você conseguirá agradar a todos gostos.

Os tipos de cerveja e suas categorias

As cervejas são caracterizadas primeiramente de acordo com o tipo de fermentação. No Brasil, são comuns duas principais famílias: Lager e Ale.  A partir dessa divisão, elas são separadas por estilo, com base nos elementos incorporados à receita e o modo de preparado.  Veja a seguir quais são eles.

Família Lager

Fazem parte dessa família as cervejas de baixa fermentação, ou seja, as leveduras são expostas a temperaturas mais baixas e se mantêm no fundo do tanque de fermentação até a decantação.

São bastante carbonadas (gaseificada com gás carbono) e as mais consumidas no Brasil. Existem versões leves e claras e alternativas encorpadas e escuras. Seus aromas e sabores prevalecem de suas matérias primas: lúpulo e malte. Confira alguns estilos:

Pilsen ou Pilsner

Um dos tipos de cerveja mais consumidos no mundo. Refrescante, dourada, leve e possui um certo amargor e sabor acentuado do malte. Baixo teor alcoólico.

Acompanhamentos ideais: Castanhas ou amendoins, frutos do mar, queijos leves, saladas verdes e peixes.

Bock

Ideal para consumo no inverno. A versão original é avermelhada, mas existem as versões claras (Heller Bock) e escuras (Dunkler Bock). Possui notas de caramelo e pão tostado e teor alcoólico acima de 6,3%.

Acompanhamentos ideais: salsichas, queijos gouda ou gorgonzola, carne de porco e sobremesas a base de chocolate.

 

 

Märzen

Sua coloração varia de alaranjada a avermelhada. De amargor moderado, carbonatação média, sabor de malte e notas de pão tostado. Médio teor alcoólico.

Acompanhamentos ideais: carne de porco, linguiça, salsinhas alemãs, bolo de maçã e nozes.

Família Ale

De alta fermentação, o que significa que são fermentadas em altas temperaturas e as leveduras se mantem no topo do tanque até a decantação.

São mais encorpadas e possuem opções claras e escuras. Algumas delas com predominância de sabor doce e outras para o amargo. Notas de frutas e condimentos são comuns.

IPA

Refrescante, muito aromática e amargor marcante. Sua coloração é dourada acobreada. Possui teor alcoólico entre 5,5% e 7,5%.

Acompanhamentos ideais: churrasco, pizza, hambúrguer, chouriço, salmão e carne assada.

Stout

Típica do Reino Unido e Irlanda — a mais famosa é a irlandesa Guiness. São cervejas escuras, com sabor adocicado e pouca carbonatação. Possui alto teor alcoólico.

Acompanhamentos ideais: Presunto cru, queijo gorgonzola, cheesecake, crème brulée e sobremesas a base de banana.

Weissbier ou Weizenbier

Cerveja tradicional alemã que leva trigo em sua composição. Refrescante, suave e cremosa. Sua cor é dourada, mas no caso das não filtradas — “mit Hefe” em alemão, pode ser um pouco turva. O teor alcoólico é médio.

Acompanhamentos ideais: Comida mexicana, indiana e japonesa, salada caprese ou ceasar, torta de limão.

Belgian Pale Ale

Cerveja clara, de nível médio de amargor, com notas florais, sabores e aromas condimentados e frutados. Teor alcoólico médio.

Acompanhamentos ideais: salsichas, carpaccio, chucrute, lasanha.

Witbier

De origem belga, são adicionados em sua composição cascas de laranja e semente de coentro, concedendo aroma e sabor cítricos e condimentados. Baixo teor alcoólico.

Acompanhamentos ideais: peixes suaves, sushi, frutos do mar, queijos brie e camembert e queijos de cabra.

Gostou das dicas? Então compartilhe em suas redes sociais. Se você conhece alguma combinação cerveja + petiscos que não citamos, deixe nos comentários.

Confira mais artigos incríveis em nosso blog.